Buscar

Das dúvidas que me assaltam

O Presidente vai deixar de falar ao país de 15 em 15 dias quando acabar a pandemia? O que acontecerá à TAP se o plano de reestruturação for chumbado em Bruxelas? Se destruirmos o Padrão dos Descobrimentos, também teremos de apagar todos os vestígios do passado colonial? Se não tiver um passaporte sanitário por não ter sido vacinada não posso ir de férias no verão? Pedro Passos Coelho vai voltar numa manhã de nevoeiro? Ainda existem discotecas para reabrir? Quando é que a EDP nos vai pagar os 110 milhões de euros em impostos do negócio das barragens? Porque é que as novas variantes do vírus da covid-19 ora têm nome de países, ora de cidades? Quantas derrotas serão necessárias ao Benfica para conseguir despachar Jorge Jesus? Porque é que se continua a dizer que o digital é o futuro quando já é o presente? Quando acabarem as moratórias, virão mais moratórias para pagar estas e assim sucessivamente? Daqui a quantas eleições, irá acabar o CDS? Se Trump voltar vai reverter todas as decisões que Biden está a reverter agora? Porque é que só as livrarias é que não podem vender livros? Conhecem algum liberal que não esteja contra o Plano de Recuperação e Resiliência por este não dedicar a maioria dos apoios à iniciativa privada? Este tem sido um inverno muito ou pouco chuvoso? Vamos ficar confinados o resto da vida?


Marta Romão, diretora-geral BDC - Empower to Lead

banner.jpeg