Buscar

Da Política

Convergências, consensos, concertação de interesses, pontes de entendimento, acordos bilaterais ou tripartidos, uniões multipartidárias. A terminologia da paz invadiu a política portuguesa. Nelson Rodrigues não acreditaria em nada disto, porque ‘não se faz literatura, política e futebol com bons sentimentos’, mas para começo de conversa e de legislatura não restam outras opções ao nosso indigitado primeiro.

Os mínimos olímpicos do diálogo terão de ser cumpridos para deixar passar primeiro o programa do governo e, a seguir, o Orçamento do Estado. Depois, que se cumpra uma das belezas da política, que é a de maldizer tudo o que emerge de bancada e de cabeça alheia. Seja bom ou mau. A qualidade pode ser uma irrelevância na política, mas o sentido de oportunidade, nunca. Gozemos, pois, este momento de irmandade, este tempo das cerejas, que acabará irremediavelmente quando passar o comboio que leva o Pai Natal e o coelhinho ao circo.



Marta Romão, diretora-geral BDC - Empower to Lead

2018 Copyright © BDC                             Criado por    MM Design

logo site MM negativo.png
  • LinkedIn
  • Facebook
  • Twitter - Grey Circle